BANHOS DE SAL AMARGO
DEPOIMENTOS EXTRAÍDOS DA LISTA DE AUTISMO DA YAHOOGRUPOS (INTERNET)

O banho de sal amargo (Epsom Salt Bath) nada mais é do que sulfato de magnésio (Mg SO4). É um banho antigo muito usado por nossas bisavós para dores musculares, artrite, flebites, fibriomialgia, etc... Dá muito sono nas primeiras vezes, pois o magnésio é relaxante. E o sulfato é extremamente importante para o funcionamento de todo o organismo, especialmente o do cérebro. É um banho relaxante e, ao mesmo tempo, muito mais do que isso. Ele fornece magnésio e sulfato ao organismo, estimula a desintoxicação, normaliza o sono, diminui os problemas sensoriais depois de algum tempo de uso, tem efeitos benéficos para o sistema nervoso.
Susan Owens, uma colega de lista, neuropesquisadora, recuperou seu pai do Alzheimer com banhos de sal amargo e observou que as crianças com SID e dentro do espectro tem deficiência na sulfatação, de fato isso a impulsou a direcionar suas pesquisas ao campo da sulfatação e ela tem uma lista, a "sulfurstories", que é para discutir esses assuntos. Vou traduzir parte de um compilação sobre os depoimentos mais técnicos de Susan Owens sobre "Epsom salt baths" ou banhos de sal amargo e colocar nos arquivos da DIS-Brasil que são públicos, portanto, pode ser acessados por quem quiser pesquisar mais.

Após umas cinco ou seis horas do banho você começa a observar os efeitos do sal. Eles se concentram melhor, perdem grande parte da ansiedade, falam melhor e menos, ficam menos hiperativos.
Quanto às contra-indicações: alguns sites contra-indicam no caso de hipertensão, problemas do coração e nos rins e diabetes, mas não são sites muito sérios. Estou ainda pesquisando esta parte, porque de todas as pessoas nas várias listas que eu freqüento que usaram o sal o depoimento único obtido sobre algum efeito colateral foi o de uma criança que teve coceira na pele, mas a criança era extremente alérgica a tudo.

Bem quanto ao banho de sal amargo (MgSO4), a dosagem para o Marco é uma colher de sopa em uma banheira de nenê. Para um adulto que está começando esta dosagem inicial serve. Você não precisa ficar com o corpo inteiro de molho, pode ser apenas os pés, desde que não tenha rachaduras.

Atenção: não é para beber, ou então causa diarréia.

Bem, a água não deve ter sabão ou xampu. De preferência, toma-se uma ducha com sabão antes e depois de enxaguar todo o corpo entra-se na banheira de água quente com o sal previamente dissolvido com as mãos. São 20 minutos "de molho". A dosagem vai depender da quantidade de água que utilizará para diluir o sal. Para uma banheira de nenê é de uma colher de sopa cheia para uma banheira de agua quentinha. Não se deve enxaguar o corpo da água com sal. Apenas deve-se secar com uma toalha. Somente secar com a toalha.

Todo o stress e ansiedade do dia-a-dia se vai. Olha, eu sou hipertensa e ainda assim tomo um banho de vez em quando, quando sinto que estou muito ansiosa. A freqüência vai depender de sua tolerância e de sua deficiência de sulfato. O meia-vida do sal no organismo é de 4 a 9 horas. Então, o normal é de um banho por dia.
O segredo do sal é encontrar a dosagem certa para a criança. Como cada um tem graus de deficiência de sulfato diferentes as quantidades de sal tem que ser diferentes. É bom começar com uma dose menor e trabalhar em cima dela conforme as reações das crianças. Se eles ficam mais calmos com essa dose, fique nessa quantidade. Se não observar reação alguma aumente um pouco. Se a criança ficar irritada e chorona, pare com os banhos durante umas três semanas e diminua para uma colher de cafezinho e dê um espaço entre os dias tipo de uma semana.
O sal amargo (MgSO4) se encontra em qualquer farmácia e é baratinho. Tem uma marca que não funciona.É a IFAL.

Mas, para o Marco, que era extremente deficiente em sulfato, o efeito do sal durava dias. Eu tive de começar com uma dosagem mínima e intervalar os banhos de quinze em quinze dias, senão ele ficava extremamente irritado.

A pesquisadora sobre sulfatação Susan Costen Owens me disse que seu organismo provavelmente estava acostumado a funcionar com uma quantidade "real" de sulfato tão pequena que qualquer aumento na sulfatação seria um "baque" para o seu organismo, daí a irritação, em vez do relaxamento que ocorre com todo mundo. Daí a gente teve que parar por algumas semanas e começar com uma dose bem pequena de sal amargo e espaçar os banhos tipo uma vez por semana.É impressionante a diferença que faz no Marco. Ele passa de um ser hiperativo, inquieto, nervoso, agitado, irritante, chorão, agressivo, depressivo, "capetinha" mesmo, a uma criança esperta que brinca sozinha, que se concentra melhor nas brincadeiras, mas sem parar de fazer as coisas que as outras crianças fazem. O importante é que ele não deixa de ser mais rápido que o normal, mas ele funciona melhor, se concentra mais, ouve mais. Sua sensibilidade auditiva e até a fala melhorou ao longo dos meses. As crianças podem suar depois do banho. Esse é um sinal de que estão desintoxicando. Esta dosagem do Marco é mínima comparada com o que as crianças geralmente necessitam.

Abraços,
Jaqueline Schultz

Olá Jaqueline, Eu também tive uma experiência com o sal amargo com meu filho Pedro. Parecida com a sua. Quando demos o banho à noite ele ficou com insônia. A dosagem foi parecida com a sua (25g em uma bacia grande com água). No dia seguinte Pedro começou a suar ao fazer esforço físico (correr, pular), o que muito raramente acontecia antes. Outro efeito positivo foi o de aumentar a rapidez com que Pedro comia, talvez mediante aumento do apetite, pois Pedro geralmente comia muito lentamente. Por conta da insônia, passamos a dar o banho pela manhã, quando acordava, e assim se reduziu sua insônia. Agora entendo porquê: como você disse, a influência do sal dura de 4 a 9 horas. Por outro lado, depois de mais de 1 mês de banhos quase diariamente, não vimos outros efeitos positivos, como os que você descreve no Marco. Assim, fiquei curioso em saber de alguns detalhes: Você só dá 1 banho por semana no Marco? Qual a dosagem que usou no começo e qual usa agora? Depois de quanto tempo começou a ver a melhora nele?
Abraço e obrigado, Carlos

Sobre sal de Epson, no Brasil você encontrará por Sulfato de Magnésio, em farmácia fica muito caro, pois as embalagens são muito pequenas. O ideal é comprar de quilo, embalar bem em um pote escuro bem tampado.( Você encontra os potes nas lojas de 1 real) Você encontrará na Casa das Essências, próximo ao Metrô Sé, o Sulfato de Magnésio embalagem de 2 kilos por R$ 6,25. vou por o link no final para você ver outros endereços.Eu não tenho banheira, então, dissolvo um pouco na água quente e jogo no Erick no final do banho sem enxaguar.Se você tem banheira e seu menino aceita entrar ( o Erick não entraria nem a pau), pode dissolver na água e deixar ele brincando um pouco. Normalmente dizem que os autistas amam entrar na água, piscina, mas o Erick tem paura de piscina e mar, chega a ter um troço só de ver, já tentei várias vezes vezes, mas deve ser genético porque eu também morro de medo na água e não entro em mar.!!!!
Um abraço, Lucy Santos http://www.casadasessencias.com.br/loja/link.asp?url=localizacao